top of page

Proteja seu patrimônio com o dólar de maneira INTELIGENTE e aproveite oportunidades de ganho!

Resumo:

  • O dólar é uma moeda forte e pode ser utilizada como proteção em momentos de incerteza e aversão ao risco.

  • A diversificação das carteiras é fundamental para alcançar retornos a longo prazo e deve ser considerada ao lado de investimentos em dólar.

  • O dólar é afetado por fatores internacionais, como a política monetária dos Estados Unidos, a economia global e a guerra comercial entre os Estados Unidos e a China.

  • Além de investimentos em dólar, é importante considerar outras classes de ativos, como ações, títulos de renda fixa e commodities, cada uma com suas próprias características e riscos.

  • Para proteger seu patrimônio e aproveitar oportunidades de ganho, é importante manter-se atualizado sobre os fatores que afetam o dólar e avaliar qual é a melhor opção de investimento para cada objetivo.



O Papel do Dólar

O dólar é conhecido como um refúgio seguro para investidores que buscam proteção em momentos de instabilidade política e fiscal no Brasil. No entanto, como somos um grande exportador de commodities, o comércio global, especialmente com a China, também tem um impacto significativo na cotação da moeda estrangeira. Atualmente, enfrentamos incertezas sobre como será a condução da política macroeconômica com o início de um novo governo e o impacto da reabertura da China na nossa moeda.


A diversificação de carteiras é fundamental para alcançar retornos a longo prazo. A presença de dólar nas carteiras deve ser vista como um seguro para outras posições. Como os seguros geralmente têm um custo, uma estrutura com ganho bidirecional pode otimizar os retornos da carteira, especialmente em cenários de alta incerteza.


O dólar desempenha um papel importante na composição de portfólios diversificados. Como é uma moeda forte, em momentos de aversão ao risco, em que outras classes de ativos se desvalorizam, o dólar costuma reagir de maneira oposta e observamos uma valorização de sua cotação. Por esse motivo, a presença de moeda estrangeira nas carteiras é recomendada como uma proteção para os investidores com exposição à bolsa em qualquer cenário. Veja a seguir a correlação entre o dólar e outras classes de ativos nos últimos 10 anos.



Quando há uma piora nas condições macroeconômicas, com a percepção de aumento do risco fiscal, a busca por um porto seguro global fica ainda mais evidente. A correlação entre o dólar e as demais classes é a mais negativa na janela de 10 anos. Nas nossas Estratégias de Investimento, alocamos 5% para #ouro + dólar (na classe que chamamos de #commodities ). É importante destacar que para essa classe a nossa expectativa de retorno é zero, devido à sua função de proteção. Assim como na contratação de um seguro de carro, a tranquilidade tem um custo e, por isso, não esperamos ganhos desse investimento, apenas que ele proteja o nosso patrimônio, mesmo que parcialmente, em condições adversas inesperadas.



A melhor estratégia: Dólar com capital protegido. GANHO BIDIRECIONAL

O espaço para investimentos em dólar deve ser encarado como uma proteção para outras posições, especialmente em cenários de alta incerteza. Estruturas bidirecionais com capital protegido podem ser proteções ideais, obtendo ganhos independentemente da conjuntura que se desenvolver. Vale a pena conferir as oportunidades em COEs que temos disponíveis na nossa plataforma.


Além da proteção em momentos de crise, o dólar também pode ser uma oportunidade de ganho em períodos de fartura. Como um grande exportador de commodities, o #Brasil tem uma economia fortemente dependente do comércio global, especialmente com a #China . Quando há uma demanda crescente por nossas commodities, observamos uma valorização do real frente ao #dólar . No entanto, é importante lembrar que essa valorização é temporária e, por isso, é fundamental a diversificação das carteiras para alcançar retornos a #longoprazo .

bottom of page